O sujeito entra no oculista e diz:

- Doutor, toda vez que tomo cafezinho sinto uma pontada no olho…

O doutor responde:

- Já tentou tirar a colherzinha?

Emoção tomou conta do penúltimo dia de Fliaraxá

Visita Zema PH Daniel Bianchini.jpegO governador Romeu Zema visitou o Fliaraxá na tarde do sábado (22) e saiu do evento encantado com o que presenciou. Ele passou cerca de duas horas percorrendo o festival e era visível o quanto se surpreendeu. “Acompanho desde o início e para mim, que sou araxaense, seria difícil imaginar que este festival pudesse crescer o tanto que cresceu. Principalmente, pelo que tenho escutado, em termos de prestígio e de impacto. Vou fazer de tudo, durante o meu governo, para que possa crescer ainda mais”, completou.

Durante a visita, Romeu Zema conheceu a família da estudante Ariana Emanuelly Martins dos Santos da Silva, uma das vencedoras do concurso de Redação Maria Amália Dumont. Em seguida, visitou o Caminhão Museu da UFMG, acompanhado da professora e curadora do Fliaraxá, Heloisa Starling, e também o Espaço CBMM.

O governador também fez questão de conhecer as duas livrarias. Passou pela Nobel, que é de Araxá e também pela Blooks. Romeu Zema conheceu os escritores Marina Colasanti e Ignácio de Loyola Brandão.

Um dos destaques do penúltimo dia do evento, foi a mesa realizada na tarde deste sábado (22), com o secretário de Cultura e Turismo de Minas Gerais, Marcelo Matte, a gestora cultural Marta Porto, e o jornalista Marco Antônio Lage.  “Estou muito impressionado com o volume de pessoas, com a diversidade da oferta, tem desde jazz ao vivo até vinho, foodtrucks, palestras, autógrafos, escritores extremamente relevantes do Brasil e do exterior. Enfim, muita coisa acontecendo ao mesmo tempo. É um festival espetacular, melhor e maior do Brasil, e merece todo o apoio para continuar existindo”, resumiu o secretário de Cultura, Marcelo Matte.

Ele também acompanhou a entrega do Prêmio de Redação e se emocionou bastante. “Não resisti ao ver uma menininha de 9 anos, que mora na área rural de Araxá, ganhar um prêmio em dinheiro pelo primeiro lugar no Concurso de Redação. Foi extremamente emocionante. Ela é uma menina pobre e contou na redação que nunca saiu do lugar onde nasceu, uma fazenda aqui da região, mas que ela viajava através dos livros que lê”, falou Marcelo. A menina é Ariana Emanuelly Martins dos Santos. Com a redação “Ler, viver e imaginar”, foi a vencedora do Prêmio na categoria onde concorrem crianças de 9 a 11 anos.

Prêmio de redação

Neste sábado (22/6), aconteceu a entrega do Prêmio de Redação Fliaraxá Maria Amália Dumont, um concurso entre as escolas de ensino médio e fundamental do município, públicas e particulares.

No palco, Tauane Pereira Silva não segurou as lágrimas. Ela foi a vencedora da categoria de 15 a 18 anos. Tauane tem 17 anos e é estudante do terceiro ano do ensino médio na Escola Estadual Vasco Santos. Na redação “Sem fronteiras”, escreveu que os livros são um mundo com mundos dentro.

Já na categoria de 12 a 14 anos, o vencedor foi Paulo Fernando Borges Fagundes, de 14 anos. Ele é estudante do 9º ano da Escola Estadual Antônio Corrêa de Oliveira. Escreveu a redação “Nosso mar de surpresas”. No texto, Paulo citou Dom Quixote de La Mancha e comparou a imaginação a águas de um rio.

Ariana Emanuelly Martins dos Santos da Silva foi a pequena grande vencedora da categoria 9 a 11 anos. A redação “Ler, viver e imaginar” encantou a todos com a sinceridade da menina, que se compara a Alice e que sonha em conhecer o País das Maravilhas.

Os primeiros lugares receberam o troféu e o prêmio no valor de R$ 1 mil reais, os segundos R$ 700 e, dos terceiros ao quintos, um certificado de participação. O Prêmio de Redação Fliaraxá Maria Amália Dumont é promovido anualmente pelo Fliaraxá. É feito entre as escolas de ensino médio fundamental do município. O objetivo é estimular a escrita, revelar talentos e incentivar a formação de novos leitores.

 

Confira abaixo a programação geral de domingo (23/06), último dia do Festival:

10h – Roda de Mulheres – Violência contra a mulher e micro-machismos – Ana Elisa Xavier, Celeste Moura, Melina Costa Veríssimo e Juliana Rage.  LOCAL

10h – Mostra de Cinema Filme: A Missa do Galo   CAMINHAO

11h – Conto e reconto: tradição e invenção – Marina Colasanti, Marco Haurélio e Leo Cunha – Cine Teatro Tiradentes         INFANTO

11h – Escola Vivace   MUSICAL

11h30 – Gastronomia mineira, patrimônio do Brasil – Steven Byrd e Mauro Manigilia (presidente do Clube da Cozinha) – Mediação Celso Alexandre       LOCAL

12h – Histórias com Fê Liz – Coreto INFANTO

13h – Desvendando o coach literário – Jovandir Batista e Katia Paiva – Mediador Paulo Martins.        LOCAL

13h – Sarau do Tamanduel  – Salatiel Silva e Grupo Fratelo – Palco Externo      INFANTO

13h – Sarau Tamanduel        MUSICAL

14h – Mostra de Cinema Filme: Quincas Borba      CAMINHAO

14h – Rumos da narrativa brasileira – Alice Ruiz e Marco Lucchesi         ADULTA

14h30 – Histórias com Lucrécia Leite – Coreto       INFANTO

15h30 – Batalha de MCs – Cultura na quadra         MUSICAL

15h30 – Novas e velhas linguagens – Cris Guerra, Aline Bei e Antônio Torres ADULTA

17h – Trio Murupi – FESTA JUNINA DE ENCERRAMENTO  MUSICAL