Canais digitais da Cemig são alternativas para consultas e solicitações de serviços no Dia do Trabalhador

Cemig AtendeAs agências e postos de atendimento da Cemig estarão fechadas nesta quarta-feira (1º/5), Dia do Trabalhador. Clientes que precisarem de assistência nesse dia podem utilizar os canais digitais de atendimento, como o Cemig Atende Web e o Fale com a Cemig (telefone 116), disponíveis 24 horas.

O aplicativo Cemig Atende oferece diversos serviços e proporciona comodidade e segurança aos usuários que necessitam resolver questões relativas à empresa, e está disponível para os sistemas operacionais Android, iOS e Windows Phone. Para fazer o primeiro acesso aos serviços, é necessário realizar um cadastro rápido, informando o CPF e o número do cliente, que pode ser consultado na própria conta de energia.

Tanto no Cemig Atende Web quanto no aplicativo, o cliente pode solicitar a segunda via tradicional, visualizar os códigos de barras das faturas, acessar o histórico de contas e emitir o comprovante anual de quitação. Além disso, é possível enviar leitura, consultar o histórico de atendimentos e alertar sobre falta de energia.

Redes sociais

A Cemig está presente também nas redes sociais. E por isso os consumidores podem solicitar atendimento e esclarecer dúvidas por meio do @cemig_energia, no Twitter, e na fanpage da empresa no Facebook, disponível em fb.com/cemig.energia.

Um novo canal de atendimento disponibilizado pela Cemig para facilitar a vida do cliente é o aplicativo Whatsapp pelo número (31) 3506-1116. Esse serviço oferece a segunda via de fatura, consulta de débitos e a possibilidade de informar a leitura do medidor.

O Telegram é outro app que oferece serviços aos clientes da Cemig. Após fazer o download gratuito no smartphone, o caminho para adicionar o contato do Cemig Autoatendimento no Telegram é simples e rápido.

O cliente vai procurar por Cemig dentro do aplicativo ou adicionar o contato @CemigBot. Feito isso, será enviada uma mensagem automática de boas-vindas com a solicitação de cadastro da instalação. Dessa forma, basta informar uma única vez, o CPF ou o CNPJ, seguido de outra mensagem com o número de cliente disponível nas contas de energia e iniciar o acesso aos serviços.

Senããão…

Um pitboy entra no bar e pede:

— Dá uma cerveja bem geladinha aí! Senããão…

O garçom, morrendo de medo, serve a cerveja, estalando de gelada. Um baixinho que assistia a cena resolveu imitar. Bateu a mão no balcão e disse:

— Dá uma cerveja bem gelada aí, garçom. Senããão…

— Senão o quê? — perguntou o garçom.

— Ah… Senão pode ser uma coca mesmo…

Cemig investe mais de R$ 8 milhões em ações de eficiência energética nos hospitais mineiros

Eficiencia energeticaA Cemig, por meio do Programa Energia Inteligente, está modernizando a iluminação, as centrais de material e esterilização, e os setores de lavanderia de hospitais públicos e filantrópicos de Minas Gerais. Em 2019, a companhia entregou 19 equipamentos de esterilização de materiais hospitalares (autoclaves),  33 secadoras de roupas e 23 focos cirúrgicos com tecnologia LED. Além da substituição dos equipamentos, o programa foi responsável, ainda, pelo retrofit de toda a iluminação de 26 hospitais públicos e filantrópicos, sendo que, considerados os investimentos nos equipamentos substituídos, as iniciativas somaram investimento superior a R$ 8 milhões.

O Programa Energia Inteligente tem o objetivo de contribuir com  a redução dos gastos com energia energética e busca promover, ainda, a adequação do orçamento dessas instituições possibilitando que os recursos economizados sejam revertidos em melhorias nas áreas de atendimento à população.

Segundo o gerente de Eficiência Energética da Cemig, Ronaldo Lucas Queiroz, as entregas proporcionam benefícios diversos e, ainda que estejam focadas na promoção do uso eficiente e redução do desperdício de energia, as ações são pensadas para oferecer conforto aos pacientes e profissionais de saúde. “No caso dos focos cirúrgicos, por exemplo, é importante lembrar que os equipamentos substituídos incluíam lâmpadas halógenas, que esquentam muito o ambiente e geram desconforto para os profissionais e pacientes que frequentam as salas de cirurgia”, explica Queiroz.

Essa adequação de tecnologia permite condições que favorecem a clareza e a nitidez da visão dentro dos centros cirúrgicos. Além dos benefícios relacionados à substituição dos focos e iluminação, melhorias também são alcançadas com as novas autoclaves e secadoras, uma vez que os equipamentos mais modernos e eficientes garantem mais agilidade na execução dos processos da lavanderia dos hospitais.

Nesse sentido, a eficientização das instituições beneficiadas vem se destacando pela economia e potencial para incentivar o consumo consciente. Na Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte, onde a Cemig substituiu cerca de 12 mil lâmpadas em setembro passado, essa conscientização já está sendo pensada. “Economizar energia é um desafio para todo o país. Em nosso hospital, onde circulam 15 mil pessoas diariamente, não seria diferente. Esse novo momento nos dá a oportunidade de pensar ainda mais sobre o consumo consciente”, afirma o diretor-executivo da Presidência do Grupo Santa Casa, Carlos Renato Couto.

Entregas recentes

Na semana passada, os Hospitais Sofia Feldman, de Belo Horizonte, e Nossa Senhora das Dores, de Itabira, no Leste de Minas, receberam, cada instituição, duas secadoras com capacidades para 25 e 50 quilos. “Os modelos de secadoras são desenvolvidos com tecnologias capazes de evitar o superaquecimento, característica fundamental para a conservação das roupas e, principalmente, para a segurança dos profissionais da saúde”, esclarece Queiroz.

Programa Energia Inteligente e saúde

O Programa Energia Inteligente da Cemig é regulado pela Aneel e se baseia no incentivo à mudança de hábitos, resultando na redução e eliminação do desperdício como forma de bom uso e preservação dos recursos naturais. Até o fim deste ano, as iniciativas de eficiência energética da Cemig em hospitais alcançarão investimentos superiores a R$ 18 milhões, tendo, como destaque, a instalação de, aproximadamente, 20 usinas de geração fotovoltaica em  hospitais públicos e filantrópicos mineiros.

 

P: Por que é que Deus inventou o álcool?
R: Para que as mulheres feias também tenham prazer.