Archives for

Áudios

Emoção tomou conta do penúltimo dia de Fliaraxá

Visita Zema PH Daniel Bianchini.jpegO governador Romeu Zema visitou o Fliaraxá na tarde do sábado (22) e saiu do evento encantado com o que presenciou. Ele passou cerca de duas horas percorrendo o festival e era visível o quanto se surpreendeu. “Acompanho desde o início e para mim, que sou araxaense, seria difícil imaginar que este festival pudesse crescer o tanto que cresceu. Principalmente, pelo que tenho escutado, em termos de prestígio e de impacto. Vou fazer de tudo, durante o meu governo, para que possa crescer ainda mais”, completou.

Durante a visita, Romeu Zema conheceu a família da estudante Ariana Emanuelly Martins dos Santos da Silva, uma das vencedoras do concurso de Redação Maria Amália Dumont. Em seguida, visitou o Caminhão Museu da UFMG, acompanhado da professora e curadora do Fliaraxá, Heloisa Starling, e também o Espaço CBMM.

O governador também fez questão de conhecer as duas livrarias. Passou pela Nobel, que é de Araxá e também pela Blooks. Romeu Zema conheceu os escritores Marina Colasanti e Ignácio de Loyola Brandão.

Um dos destaques do penúltimo dia do evento, foi a mesa realizada na tarde deste sábado (22), com o secretário de Cultura e Turismo de Minas Gerais, Marcelo Matte, a gestora cultural Marta Porto, e o jornalista Marco Antônio Lage.  “Estou muito impressionado com o volume de pessoas, com a diversidade da oferta, tem desde jazz ao vivo até vinho, foodtrucks, palestras, autógrafos, escritores extremamente relevantes do Brasil e do exterior. Enfim, muita coisa acontecendo ao mesmo tempo. É um festival espetacular, melhor e maior do Brasil, e merece todo o apoio para continuar existindo”, resumiu o secretário de Cultura, Marcelo Matte.

Ele também acompanhou a entrega do Prêmio de Redação e se emocionou bastante. “Não resisti ao ver uma menininha de 9 anos, que mora na área rural de Araxá, ganhar um prêmio em dinheiro pelo primeiro lugar no Concurso de Redação. Foi extremamente emocionante. Ela é uma menina pobre e contou na redação que nunca saiu do lugar onde nasceu, uma fazenda aqui da região, mas que ela viajava através dos livros que lê”, falou Marcelo. A menina é Ariana Emanuelly Martins dos Santos. Com a redação “Ler, viver e imaginar”, foi a vencedora do Prêmio na categoria onde concorrem crianças de 9 a 11 anos.

Prêmio de redação

Neste sábado (22/6), aconteceu a entrega do Prêmio de Redação Fliaraxá Maria Amália Dumont, um concurso entre as escolas de ensino médio e fundamental do município, públicas e particulares.

No palco, Tauane Pereira Silva não segurou as lágrimas. Ela foi a vencedora da categoria de 15 a 18 anos. Tauane tem 17 anos e é estudante do terceiro ano do ensino médio na Escola Estadual Vasco Santos. Na redação “Sem fronteiras”, escreveu que os livros são um mundo com mundos dentro.

Já na categoria de 12 a 14 anos, o vencedor foi Paulo Fernando Borges Fagundes, de 14 anos. Ele é estudante do 9º ano da Escola Estadual Antônio Corrêa de Oliveira. Escreveu a redação “Nosso mar de surpresas”. No texto, Paulo citou Dom Quixote de La Mancha e comparou a imaginação a águas de um rio.

Ariana Emanuelly Martins dos Santos da Silva foi a pequena grande vencedora da categoria 9 a 11 anos. A redação “Ler, viver e imaginar” encantou a todos com a sinceridade da menina, que se compara a Alice e que sonha em conhecer o País das Maravilhas.

Os primeiros lugares receberam o troféu e o prêmio no valor de R$ 1 mil reais, os segundos R$ 700 e, dos terceiros ao quintos, um certificado de participação. O Prêmio de Redação Fliaraxá Maria Amália Dumont é promovido anualmente pelo Fliaraxá. É feito entre as escolas de ensino médio fundamental do município. O objetivo é estimular a escrita, revelar talentos e incentivar a formação de novos leitores.

 

Confira abaixo a programação geral de domingo (23/06), último dia do Festival:

10h – Roda de Mulheres – Violência contra a mulher e micro-machismos – Ana Elisa Xavier, Celeste Moura, Melina Costa Veríssimo e Juliana Rage.  LOCAL

10h – Mostra de Cinema Filme: A Missa do Galo   CAMINHAO

11h – Conto e reconto: tradição e invenção – Marina Colasanti, Marco Haurélio e Leo Cunha – Cine Teatro Tiradentes         INFANTO

11h – Escola Vivace   MUSICAL

11h30 – Gastronomia mineira, patrimônio do Brasil – Steven Byrd e Mauro Manigilia (presidente do Clube da Cozinha) – Mediação Celso Alexandre       LOCAL

12h – Histórias com Fê Liz – Coreto INFANTO

13h – Desvendando o coach literário – Jovandir Batista e Katia Paiva – Mediador Paulo Martins.        LOCAL

13h – Sarau do Tamanduel  – Salatiel Silva e Grupo Fratelo – Palco Externo      INFANTO

13h – Sarau Tamanduel        MUSICAL

14h – Mostra de Cinema Filme: Quincas Borba      CAMINHAO

14h – Rumos da narrativa brasileira – Alice Ruiz e Marco Lucchesi         ADULTA

14h30 – Histórias com Lucrécia Leite – Coreto       INFANTO

15h30 – Batalha de MCs – Cultura na quadra         MUSICAL

15h30 – Novas e velhas linguagens – Cris Guerra, Aline Bei e Antônio Torres ADULTA

17h – Trio Murupi – FESTA JUNINA DE ENCERRAMENTO  MUSICAL

Aneel define nova tarifa de energia para clientes Cemig

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou em reunião pública ordinária, nesta terça-feira (21/5), o reajuste de 6,93% nas tarifas de energia elétrica dos clientes residenciais da Cemig Distribuição, que passa a vigorar a partir da próxima terça-feira (28/5). Conforme estabelece a legislação do setor elétrico, a definição das tarifas das distribuidoras, bem como os processos de reajustes tarifários anuais e revisões tarifárias, são gerenciados pelo órgão regulador do sistema elétrico e previstos nos contratos de distribuição.

O que mais influenciou a decisão da Aneel para esse aumento foi a escassez de chuvas do ano passado, quando as usinas termelétricas, que são mais caras para produzir energia, foram acionadas constantemente em quase todo o segundo semestre. De acordo com o gerente de Tarifas da Cemig, Giordano Bruno Braz de Pinho Matos, a Cemig teve uma despesa adicional de R$ 1,5 bilhão para comprar energia até fevereiro deste ano, para garantir o fornecimento aos clientes mineiros. “Apesar do alto custo de produção de energia, as usinas termelétricas são essenciais para garantir o fornecimento dos consumidores em períodos de escassez de chuva, que têm predominado no Brasil nos últimos anos”, acrescenta.

Composição da tarifa

Do valor cobrado na tarifa, apenas 22% ficam na Cemig Distribuição e se destinam a remunerar o investimento, cobrir a depreciação dos ativos e outros custos da empresa. Os demais 78% são utilizados para cobrir encargos setoriais (13%), tributos (30%), energia comprada (29%) e encargos de transmissão (6%).

Segundo Giordano Bruno Braz de Pinho Matos, o consumidor vai perceber o reajuste total a partir da fatura de junho – e que possuem vencimento em julho. “As datas de leitura das contas de energia são distribuídas ao longo do mês. Assim, em junho, os consumidores pagarão uma parte do consumo ocorrido antes de 28 de maio, ainda conforme a tarifa antiga, e a outra parcela do consumo já com o reajuste da tarifa”, explica.

O gerente ressalta que a Cemig Distribuição é a empresa do Grupo Cemig que atende diretamente a mais de 8,4 milhões de clientes, e que o processo de reajuste trata apenas da empresa de distribuição, e, portanto, não engloba as usinas, linhas e subestações de transmissão ou outras atividades do Grupo Cemig.

Investimentos na rede de distribuição em 2019

A Cemig investiu R$ 167,5 milhões no sistema elétrico mineiro somente nos três primeiros meses de 2019, conforme informações do balanço da companhia, divulgado recentemente. Até o fim do ano, a previsão da companhia é de que os recursos para melhoria da rede elétrica em sua área de concessão superem R$ 1 bilhão, o que reflete na qualidade e na segurança do serviço prestado.

Vale Fertilizantes oferece vagas de estágio em Araxá e Tapira

Vale Fertilizantes está com inscrições abertas para o processo seletivo do segundo semestre do Programa de Estágio 2017. Ao todo, serão oferecidas 74 vagas para estudantes do Ensino Superior e Técnico nas unidades de Araxá, Tapira e Uberaba (MG), Cubatão, Cajati, e São Paulo (SP), Catalão (GO) e Rosário do Catete (SE).

Para as unidades de Araxá e Tapira, podem se inscrever no programa alunos que estejam cursando graduação na área de Administração de Empresas e Engenharia Química. Para candidatos de ensino técnico, podem concorrer às vagas alunos de Química, Mecânica, Mineração, Eletrônica, Elétrica, Eletrotécnica, Mineração e Meio Ambiente. Os jovens do ensino técnico devem ter formação prevista entre julho e setembro de 2018 e os estudantes do ensino superior, com graduação entre julho de 2018 e julho de 2019.

Com um processo seletivo que contempla inscrições e provas on-line, triagem de currículos e entrevista, dinâmica de grupo, exames médicos e entrega de documentação, o programa é um tradicional meio de ingresso ao mercado de trabalho. Nele, os estagiários de no mínimo 18 anos, portadores ou não de deficiência física, receberão bolsa-auxílio, vale-transporte ou transporte da empresa, vale-refeição ou alimentação no local, assistência médica e seguro de vida.

“Em mais uma edição do Programa de Estágio, fortalecemos nosso objetivo de contribuir para a formação prática dos estudantes, além de auxiliar o desenvolvimento de suas competências acadêmicas. Na Vale Fertilizantes ele terá o suporte necessário para viver uma experiência enriquecedora, fundamental para o seu crescimento profissional e pessoal”, afirma Rebeca Pittella, gerente de Recursos Humanos da Vale Fertilizantes.

Os interessados devem se inscrever no site www.valefertilizantes.com, na seção Carreiras.

Os candidatos, portadores ou não de deficiência física, podem se inscrever no site www.valefertilizantes.com, na seção Carreiras, entre os dias 23 de maio e 06 de junho. Para todas as vagas, os candidatos devem estar matriculados em instituições de ensino reconhecidas pelo MEC (Ministério da Educação).

Curso de Engenharia Ambiental do UNIARAXÁ celebra Dia Mundial da Água

Ambiental (1)Em comemoração ao Dia Mundial da Água, celebrado no dia 22 de março, as professoras do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária do UNIARAXÁ, Caroline de Andrade Gomes da Cunha e Juliana de Fátima da Silva, juntamente com os alunos do referido curso realizaram inúmeras palestras com o tema “Recursos hídricos e Saneamento” durante o mês de março nas Escolas Estaduais Luiz Antônio Correia de Oliveira (Polivalente), Dom José Gaspar e Armando Santos, para aproximadamente 240 alunos.
Foi abordada a importância da água para o desenvolvimento das diversas atividades econômicas existentes, além do acesso à água potável para abastecimento humano e dessedentação animal.
Ao final de cada palestra, as professoras solicitaram a seleção de alguns alunos para a participação em um projeto futuro de montagem de um vídeo que irá apresentar o panorama do saneamento na cidade de Araxá. Esse vídeo será produzido com o auxílio de alunos do Curso de Engenharia Ambiental e Sanitária do UNIRAXÁ, além do trabalho voluntário de profissionais da área.
Além das palestras realizadas nas escolas, todos os alunos do Curso de Engenharia Ambiental e Sanitária participaram de uma palestra com a engenheira ambiental Nayana Graziele Silva, ex professora da instituição e funcionária da Vale Fertilizantes Uberaba, e com o biólogo Rodrigo Machado Ribeiro, educador ambiental da Sala Verde do Instituto de Planejamento e Desenvolvimento Ambiental de Araxá (IPDSA).