Archives for

Piadas

O Gênio e o Chefe

O diretor de produção, o estagiário de marketing e o presidente de uma empresa estacionaram o carro e estão a caminho de um restaurante por quilo.

Em um canto sujo eles encontram uma lâmpada antiga. Esfregam a lâmpada e de repente aparece um gênio, que lhes diz:
– Olá! Anh? Vocês três me acharam? Eu só posso realizar 3 desejos, por isso, cada um só pode pedir um!
O diretor de produção diz logo:
– Eu primeiro, eu primeiro! – e exprime o desejo: – Eu quero estar em Miami, no volante de um barco ultra-rápido e rodeado de mulheres!
Puff! Ele imediatamente é teletransportado pra lá.
– Agora eu, agora eu! – grita o estagiário de marketing. – Eu quero estar em uma praia de Cancun, tomando umas bebidas exóticas com umas mulheres de topless!
Puff! Também foi direto pra lá.
Em seguida diz o gênio ao presidente da empresa:
– É a sua vez!
E o presidente diz:
– Cancele os pedidos deles. Eu quero estes dois cretinos de volta ao trabalho depois do almoço!

MORAL DA HISTÓRIA

Não seja idiota! Deixe sempre o chefe falar primeiro.

O Roubo do Cavalo no Saloon

Numa daquelas cidades modorrentas de faroeste, o sujeito amarra o cavalo em frente ao Saloon e vai tomar um drink. Na volta ele descobre que o seu cavalo foi roubado.
Furioso, ele saca o revólver e entra no bar atirando para o alto.
— Quem foi o desgraçado que roubou o meu cavalo?
Silêncio.
— Tudo bem! Eu vou tomar outro drink e se o meu cavalo não estiver lá fora quando eu terminar, vou fazer aqui o mesmo que eu fiz no Texas!
Pediu uma cerveja e tomou-a tranqüilamente sob uma dúzia de olhares curiosos. Quando saiu, lá estava o cavalo dele, amarradinho no lugar.
Um outro sujeito que estava próximo resolveu arriscar:
— Só por curiosidade, o que é que você fez no Texas?
— Ué… Voltei a pé para casa!

Dormindo no beco

O bêbado chega em casa e é impiedosamente expulso pela mulher. Sem opção ele vai para um beco escuro e dorme.
De manhã, com uma ressaca de matar ele nota que seu relógio sumiu. Então ele vai pra casa, toma um banho, faz a barba e sai pra trabalhar. Andando pela empresa, ele vê um funcionário com o seu relógio no braço.
— Ei, cara! — diz ele. — Esse relógio é meu!
O sujeito se defende:
— Seu nada! Esse relógio eu peguei de um bêbado que eu comi ontem lá no beco!
— Olha só… — responde o ex-bêbado. — Ele é igualzinho o meu!