Archives for

Cultura

Fundação Cultural de Araxá abre inscrições para o Projeto Fazendo História

FAZENDO HISTORIA ovalA Fundação Cultural de Araxá (FCA), através de recursos do Fundo da Infância e Adolescência (FIA) e com aprovação do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), está com inscrições abertas para o Projeto Fazendo História!. O projeto é destinado para crianças e adolescentes, de 8 a 17 anos, que vivem em situação de vulnerabilidade social.
 
O projeto será composto por frentes de atuação, destinadas à produção de conhecimento, conscientização e a instrução em relação à prevenção do uso de drogas, além de acompanhamento assistencial (por meio de Fisioterapia, Serviço Social e Psicólogo) para intervenção necessária frente à saúde física e mental, e o reconhecimento de comportamentos de risco no contexto familiar. Serão ofertadas atividades de capacitação, lúdicas, artísticas, de lazer, diversão, avaliação e acompanhamento terapêutico, além da inclusão de práticas desportivas e inclusão digital (aulas de informática) como estratégia e fator de promoção do desenvolvimento integral, com perspectiva para o primeiro emprego, além da melhoria na qualidade de vida e saúde de pré-adolescentes e adolescentes vulneráveis socialmente.
 
Serão destinadas 140 vagas para crianças e adolescentes, de ambos os sexos, com faixa etária entre 8 e 17 anos. Todas as atividades propostas serão realizadas no UNIARAXÁ, em suas respectivas dependências (Centro Olímpico Clinica de Fisioterapia, Laboratórios práticos de Informática e de ensino, e consultórios de avaliação e acompanhamento psicológico e de serviço social).
 
As inscrições poderão ser realizadas no UNIARAXÁ, na Pró Reitoria de Ensino, Pesquisa e Extensão e na Coordenação de Extensão – BLOCO da Reitoria, de 6 de março a 31 de abril, das 8h às 11h e das 14h às 21h. Para inscrição os participantes deverão apresentar documentos pessoais do participante e do seu responsável legal e comprovante de endereço.
 
Mais informações podem ser obtidas no telefone 3669-2317.

Fórum Rotaractiano aborda profissionalização e mercado de trabalho

rotaryO Rotaract Club de Araxá promoveu em Araxá, o Fórum Rotaractiano da Área II, que contou com participantes de Araxá e Perdizes, que abordou temas diretamente voltados para a comunidade jovem do clube que busca o crescimento pessoal e profissional.  A atividade foi realizada no Tribunal do Júri do UNIARAXÁ e contou com palestras de integrantes do Rotary Club de Araxá e de Frutal.
A mensagem de abertura foi do professor de história Mário Gomes, que abordou o tema “O Poder das Diferenças”. Logo depois, o presidente do Rotary Club Araxá, Válter Gomes, abordou o mercado de trabalho e as oportunidades profissionais para aqueles que buscam se especializar na área que querem atuar. O rotariano Josney Freitas Silva veio de Frutal e falou sobre a importância de fazer parte da família Rotária.
O Rotaract agradece parceria do Rotary Club Araxá, os patrocinadores: Acia, TecnoPlan Restruturação e Sistemas, CBMM, Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Metalúrgicas Mecânicas e de Material Elétrico de Araxá e ao UNIARAXÁ, que cedeu o espaço para a realização do evento.

Sucesso no Fliaraxá

fliaraxaA edição especial de Hugo, o Draculindo circulou a partir do último dia 16 no Fliaraxá.

A obra assinada pelo escritor José Otávio Lemos e pelo ilustrador Pedro Otávio Patrício Lemos, pai e filho, com novo projeto gráfico, foi lançada no festival literário, que na sua 5ª edição, mostra que tem toda a força pela qualidade dos convidados e pela estrutura que é montada especialmente para ele no pátio da Fundação Cultural Calmon Barreto.

Também buscando valorizar “o amor, a leitura e as diferenças”, tema do Fliaraxá 2016, foi que José Otávio escolheu o livro que circulou bastante nas mãos do público infanto-juvenil que prestigiou bastante o evento. Cada exemplar foi patrocinado pela CBMM, “uma empresa que pensa muito além do que produz, comprovado por todas as atitudes que tem com a comunidade’, numa afirmação de José Otávio.

A apresentação de José Otávio e Pedro Otávio contou com a mediação de Lucrécia Leite e foi marcante em muitos momentos, com lembranças de grandes nomes da literatura brasileira, como Vinícius de Moraes através da poesia cantada “Era uma casa muito engraçada…”

Foram mais de 60 autores que participaram de palestras, debates, oficinas, saraus e outros nos 5 dias de festival.

TRI CICLO Espetáculos realiza em setembro 23 apresentações em Sacramento

Danca Flamenco 001O mês de setembro será de muita cultura para a população de Sacramento, no Alto Paranaíba, com a chegada de atrações culturais de circo, dança, música, teatro e oficina do projeto TRI CICLO Espetáculos e do Laticínio Scala. Todas as sextas feiras de setembro uma apresentação diferente acontece na praça Dr. Valadares, em frente a igreja de Nossa Senhora do Rosário.

Nesta terceira edição do mês cultural, juntamente com Laticínio Scala, Ministério da Cultura e TRI CICLO Produções, o município recebe 23 atrações que prometem boas gargalhadas, muita emoção, além de boas canções e um espetáculo de luz e iluminação para os sacramentanos e turistas, tudo gratuito. As atrações acontecem na praça em frente a igreja do Rosário impreterivelmente às 19h30.

“Este ano, tivemos um cuidado especial para a escolha do artista e da proposta espetáculo/oficina destinados às instituições de ensino. Como todas as edições do TRI CICLO, nossa intenção além de uma apresentação e formação de público cultural para futuras apresentações, é levar até as crianças e aos educadores, maneiras de se ensinar e aprender através da arte. É contribuir de forma lúdica para a formação.

Espero que as crianças e os educadores aproveitem muito este momento, o artista Rodrigo Robleño é um artista completo e com grandes experiências adquiridas pelo mundo”, relata Cynthia Verçosa, diretora artística do TRI CICLO Espetáculos.

Dia 02 de setembro, na abertura oficial, o teatro de Carlos Nunes, que apresenta a peça “Como sobreviver em festas e recepções com Buffet escasso”, que já foi vista por mais de 900 mil pessoas e promete ensinar e gargalhar a plateia. Na sexta feira seguinte, dia 09 de setembro, é a vez da dança flamenca da Cia Fátima Carretero, que diretamente de Belo Horizonte, apresenta o Legado Andalusí.

Na terceira semana do TRI CICLO, de 12 a 16, escolas das redes: pública e particular, além do Instituto Scala, recebem Rodrigo Robleño, que já atuou no Cirque Du Soleal, em Viralata: o palhaço está solto. Neste final de semana a programação continua. Sexta feira, 16 de setembro, tem ainda a apresentação de músicos de Sacramento, o Coral infantil Aparecida Rebelo Novelina, Orquestra de Violas e o rock da Racionália.

Uma novidade para este ano é a oficina para os educadores com Rodrigo Robleño, que vai transmitir a experiência aos profissionais na manhã do dia 17/09, sábado, em “O Brincar Como Forma de Aprender”, com inscrições limitadas, sendo duas pessoas por instituição de ensino. Os interessados devem se inscrever enviando os dados como nome completo e telefones de contato para o email:janainajor@gmail.com até o dia 14 de setembro.

Dia 23 de setembro tem mais música com o grupo Chorocultura de Uberaba, numa noite de relembrar as canções de chorinho interpretada por grandes nomes da música brasileira como Noel Rosa. E encerrando as ações, no dia 30 de setembro, o humor de Nilton Pinto e Tom Carvalho retorna à Sacramento, em uma noite que promete ser memorável, e de muita risada, no show “O Brasil Virou Comédia”.

TRI CICLO Espetáculos:

Idealizado em 2011 por Cynthia Verçosa e Lívia Ferolla o projeto cultural dissemina a arte em variadas formas, como música instrumental e erudita, dança, circo e teatro, levando às cidades onde é realizado atrações de renome nacional e internacional, tudo de forma gratuita. “Poder fomentar e trazer cultura de qualidade a todos de forma gratuita e democrática. É uma grande satisfação poder realizar o TRI CICLO em cidades que estão fora do circuito cultural dos grandes centros”, relata Lívia Ferolla.

SERVIÇO

Projeto: TRI CICLO Espetáculos

Período: 02 a 30 de setembro

Locais e horários: sempre na Praça Dr. Valadares, igreja do Rosário

02/09 – Teatro – Como Sobreviver Em Festas e Recepções com Buffet Escasso, 19h30;

09/09 – Dança – Legado Andalusí, 19h30;

12 a 16/09 – Circo – Em 12 escolas Viralata: O Palhaço Tá Solto!

16/09 – Música – Coral Aparecida Rebelo Novelina, Orquestra de Violas, banda Racionália, às 19h30;

17/09 – Oficina – O Brincar Como Forma de Aprender – Inscrições Limitadas, 8h às 11h, Fundação Lar de Eurípedes;

23/09 – Música – Chorocultura, às 19h30;

30/09 – Teatro – O Brasil Virou Comédia, 19h30.