Archives for

Cultura

Fliaraxá e Sesc SP recebem Valter Hugo Mãe, Juan Pablo Villalobos e Gonçalo Tavares, em junho

fliaraxaO Sesc SP compartilha com o Fliaraxá a presença de três importantes autores internacionais no Brasil: Valter Hugo Mãe, Gonçalo Tavares e Juan Pablo Villalobos. Nesta parceria, os escritores conversam com o público em três unidades na cidade de São Paulo (Sesc Vila Mariana, Sesc 24 de Maio e Sesc Avenida Paulista) e seguem para Araxá, onde se apresentam no festival mineiro, que está em sua sétima edição, reunindo mais de 80 autores, entre 27 de junho e 01 de julho, no Grande Hotel de Araxá.  Todas as atividades são gratuitas. 

 

Valter Hugo Mãe abre as atividades do Pré-Fliaraxá, no dia 18/06, segunda-feira, às 20h, no Teatro Municipal de Araxá. No  evento, o autor vai falar sobre sua vida e obra e assinar as reedições dos livros “O Remorso de Baltazar Serapião”, vencedor do Prêmio Literário José Saramago e “O Paraíso são os Outros”, que acaba de ganhar edição inédita ilustrada pelo autor. Ambos publicados pela Editora Globo. No dia seguinte, 19 de junho, terça-feira, às 20h, Valter Hugo repete o tema no Sesc Vila Mariana (R. Pelotas, 141 – Vila Mariana/SP). 

 

Gonçalo Tavares estará no dia 26 de junho, terça-feira, às 19h30, no Sesc 24 de Maio (Rua 24 de Maio,109, Centro/SP) para falar sobre o tema “Literatura e Imagens”, em uma atividade do “Sempre Um Papo”. Ensaísta, dramaturgo, professor e escritor, considerado a grande voz do romance português contemporâneo, com obras traduzidas para mais de 30 línguas, em 46 países, Gonçalo Tavares nasceu em Luanda, Angola e mudou-se em seguida para Lisboa. Considerado um Kafka português, recebeu os mais importantes prêmios da língua portuguesa, como o Portugal Telecom, em 2007; o Prêmio José Saramago, em 2005, e o Prêmio LER/Millennium BCP, em 2004, com o romance “Jerusalém”. O autor participa, nos dias subsequentes, da programação do Fliaraxá, em diversas atividades. 

 

No dia 28 de julho, quinta-feira, às 19h30, no Sesc Avenida Paulista, o escritor mexicano / catalão Juan Pablo Villalobosparticipa de debate no lançamento do livro “Ninguém Precisa Acreditar em Mim”, editado pela Companhia das Letras. Na obra, o autor mistura ficção a fragmentos da própria biografia, contando a história de um jovem mexicano prestes a viajar para Barcelona para cursar um doutorado “sobre os limites do humor na literatura latino-americana do século XX”. Juan Pablo Villalobos nasceu em 1973 em Guadalajara, México. Os livros “Festa no Covil” (2010), “Se vivêssemos em um lugar normal” (2012) e “Te vendo um cachorro” (2015) formam a chamada trilogia mexicana. O Sesc Avenida Paulista fica na Av. Paulista, 119 – Bela Vista/SP. Todas as atividades tem entrada grátis.

No dia 29 e 30 de junho, Juan Pablo participa de diversas mesas do Fliaraxá

 

Tenda no Ponto de Encontro, na Unidade SESI de Araxá, recebe artistas a partir desse sábado

tendas e curtinhasO estacionamento da Unidade Araxá do SESI/Senai ganhou uma nova formatação para o 27º Encontro SESI de Artes Cênicas, com a instalação da tenda que vai abrigar 20 apresentações artísticas no Ponto de Encontro. Nos sábados, dias 05 e 12 de maio, a partir das 14h, o local vai abrir as portas para uma tarde de muita cultura e entretenimento. E o melhor: tudo com acesso gratuito para toda a população.

Além das apresentações, a tenda do Ponto do Encontro vai ganhar um espaço para as crianças, com brinquedos recreativos, e a Praça de Alimentação, com Food Truck para deixar a área ainda mais aconchegante. As atrações são de artistas locais de Araxá, Uberaba e Uberlândia, que subirão ao palco levando músicas, espetáculos teatrais, intervenções, performances e números de dança. Confira a agenda de apresentações do Ponto de Encontro!

Sábado – 05 de maio – A partir de 14h

Complexidade Atômica (música-Uberaba)

Me Deixe Ir, Preciso Andar – Cia Uno (circo-Uberaba)

João Henrique (música-Araxá)

Flor, A Rainha do Cerrado (teatro de bonecos-Araxá)

Grooveria (música-Araxá)

Dançarte – Céu d’Espera (dança-Uberaba)

Ofício 12 – Estimulador de desapego (performance-Araxá)

Acustic Bar (música-Araxá)

Ofício 13 – Comparador de emissores de carbono (performance-Araxá)

Vinith (música-Araxá)

Sábado – 12 de maio – A partir de 14h

Manoel Amâncio (música-Araxá)

O Reino de Jamé – Grupo Apoteose (teatro-Uberlândia)

Insurgência Sertaneja – Meu Sotaque, Minha Sina (música-Uberaba)

Araxá Dance Company – Nossa Cara (performance-Araxá)

O Barqueiro (teatro-Uberlândia)

Quarteto Saxofone A4 (música-Araxá)

História do Cérebro (performance-Araxá)

Caliandra – Grupo Tramoya (teatro-Uberaba)

Niobium (música-Araxá)

#CurtaNoEncontro

Nos embalados de sábado… à tarde

Artistas de Araxá, Uberaba, Uberlândia estarão no Ponto de Encontro na Unidade SESI/Senai, na Tenda que foi montada para a 27ª edição do Encontro SESI de Artes Cênicas. As bandas Niobium, Vinith, Acustic Bar e Complexidade Atômica, o cantor Manoel Amâncio, o ator Frederico Primata, e os grupos de teatro Apoteose, Tramoya, e de dança: Dançarte e Araxá Dance Company, por exemplo, vão estar presentes no nosso palco. Além disso, espaço para crianças e Food Truck compõe o ambiente para o conforto do público. Tudo com acesso gratuito e estacionamento perto e livre para a comunidade.

Teatro e show no Palco Externo do Municipal, em Araxá

A maioria das apresentações do Encontro SESI de Artes Cênicas 2018 acontece, além dos palcos itinerantes, na área externa do Teatro Municipal de Araxá. Ou seja, para esses espetáculos, não será necessária a retirada de ingressos, sendo o acesso livre ao público que quiser conferir as atrações. Quem quiser, pode levar seu tapetinho para a arena, para ficar mais confortável. Haverá ainda o empréstimo de tapetinhos de E.V.A. no local. Quem não consegue se sentar ao chão, pode levar banquinhos, mas, para usá-los, precisa ficar nas extremidades da arena, afinal, o terreno em declive não é adequado para colocação de bancos e cadeiras. Apenas os espetáculos Por de Dentro, a Cia de Dança SESIMINAS e a Vida em Vermelho, com Letícia Sabatella serão dentro do Teatro e precisa retirar ingresso uma hora antes do espetáculo. A programação completa do Encontro SESI está no site www.fiemg.com.br/encontroaraxa ou na fanpage, pelo endereço www.fb.com/encontroaraxa.

Retirada de convites no Encontro SESI 2018

No Encontro SESI de Artes Cênicas 2018, os espetáculos acontecem no palco externo do Teatro Municipal, do Teatro SESIMINAS Araxá, em escolas da cidade, do Complexo do Barreiro e Calçadão da rua Presidente Olegário Maciel. Todos tem acesso gratuito da população. Mas, para três apresentações em especial, o público será limitado aos 300 lugares do palco interno do Teatro Municipal e por isso, haverá distribuição de convites.

São as apresentações: Por De Dentro, do Grupontapé, no dia 05 de maio (Classificação 14 anos); Cidade dos Sonhos, da Cia de Dança SESIMINAS, em 09 de maio; e A Vida em Vermelho, com Letícia Sabatella e Fernando Alves Pinto (Classificação 12 anos), dia 12 de maio. Para essas três montagens, é preciso retirar ingressos com pelo menos uma hora antes do espetáculo. A programação completa do Encontro SESI está no site www.fiemg.com.br/encontroaraxa ou na fanpage, pelo endereço www.fb.com/encontroaraxa.

Oito oficinas complementam programação do 27º Encontro SESI de Artes Cênicas

Oficineiros_Encontro_SESIEm cada cidade oportunidades diferentes de aprendizado para quem interessa em aperfeiçoar em um cenário das artes cênicas. Técnicas Acrobáticas, Iniciação a Arte Circense, Musicalidade na Dança de Salão, Balé de Repertório, Iniciação Teatral, e Viola Caipira.

Os interessados devem se inscrever pelo email encontroaraxa@gmail.com até às 23h59 do dia antes da oficina interessada, enviando NOME COMPLETO, FORMAÇÃO, TELEFONES DE CONTATO, e escrever no título OFICINA ARAXÁ ou OFICINA CONCEIÇÃO.

Araxá

Em uma atividade de base formativa e cultural o diretor da Cia K (SP), Kiko Caldas, ministra a palestra Técnicas Acrobáticas na tarde de sábado, 05 de maio, de 16h às 17h30. A proposta é ensinar brincando jovens e adultos, a partir de 15 anos, que tenham envolvimento com atividades artísticas como teatro, circo ou dança. Movimentos naturais promovem posições invertidas, rotações, giros, equilíbrios estáticos e dinâmicos serão trabalhados por Kiko Caldas, que foi um dos pioneiros à realizar, em Minas Gerais e São Paulo, espetáculos usando a linguagem do circo contemporâneo.

Na segunda feira, 07/05, Iniciação a Arte Circense com Rodrigo Chagas com três opções de horários para públicos distintos. Pela manhã, de 10h às 12h, para crianças; matutino de 15h às 17h para adolescentes; e a noite, de 19h às 21h adultos. A vivência vem de encontro ao que está sendo discutido e pesquisado no âmbito circense no país, e mundo, dentro da perspectiva de estímulo através das técnicas e aparelhos circenses. Rodrigo Chagas é ator, diretor e encenador, especialista em metodologia do ensino de artes pela Uninter, é instrutor de teatro e circo no Centro Cultural SESIMINAS José Maria Barra em Uberaba desde 2011 e na Unidade SESI/Senai Araxá desde 2017. Os alunos terão acrobacia de solo, aérea, acrobalance e expressão corporal, entre as modalidades.

Sábado (12/05) a oficina Expressão e Musicalidade na Dança de Salão vsa trabalhar a percepção e a expressão corporal através de estilos diferentes, com Isaias Mniguelangelo. Entre 15h30 e 17h é a vez do Forró e Bachata, e de 17h às 18h30 Kizomba e Samba. Isaias Miguelangelo é professor e coreógrafo de Dança de Salão formado pela Unidança de Belo Horizonte e desenvolve trabalhos nacionais e internacionais desde 2002, além de ser o produtor do Congresso Baila Triângulo e instrutor no Centro Cultural SESIMINAS José Maria Barra, em Uberaba/MG. O público alvo é adolescentes a partir de 14 anos até adultos de 60 anos.

Estacionamento do Estádio Fausto Alvim se transforma em cinema ao ar

Foto: ilustração - Divulgação

Foto: ilustração – Divulgação

O Estacionamento do Estádio Fausto Alvim, em Araxá, se transforma em sala de cinema ao ar livre na noite do dia 20 de abril, sexta-feira.  A exibição faz parte do Projeto Cinema na Praça, promovido pela  Pif Paf, indústria de alimentos, que, em comemoração aos 50 anos de fundação, leva sessões de cinema itinerante a 10 cidades mineiras. O acesso ao evento é gratuito e, além exibição de filmes, terá boa gastronomia. Estandes com produtos da Pif Paf  estarão disponíveis para o público no estacionamento do estádio.

Serão exibidos três filmes educacionais infanto-juvenis, que abordam temas como ética, respeito ao meio ambiente e pluralidade cultural, de grande importância para formação de crianças e adolescentes.  São eles: “Chute mais forte do bairro”, “Um convite difícil de engolir” e “Onde está o seu meio ambiente?, com duração de 30 minutos cada (confira a sinopse abaixo).

A ideia é levar cultura a quem não tem acesso, disponibilizando ainda oportunidade de entretenimento e lazer aos moradores. Depois de Araxá, o Projeto segue para  Patrocínio de abril, para  Patrocínio, onde, no dia 21 de abril, serão exibidos os três filmes.  Depois será a vez das cidades de  Divinópolis, Formiga, Piunhui e Capitólio (2,3,4 e 5 de maio); Viçosa e Visconde do Rio Branco (17 e 18 de agosto); além de Teófilo Otoni e Montes Claros (14 e 15 de setembro).

Resgate do glamour: 

     Indústria mineira de alimentos, com sede corporativa em Belo Horizonte,  a Pif Paf decidiu comemorar os 50 anos de fundação brindando os moradores de cidades do interior com o glamour do cinema, tendo em que vista que muitas salas de cinema deixaram de existir nestes municípios :

Serviço:

Projeto Cinema na Praça em Araxá:

Quando: Dia 20 de abril, sexta-feira, às 19 horas,

Onde: Estacionamento do Estádio Fausto Alvim - Avenida Imbiara – Centro, Araxá

 Fone: (34) 3691-7000

Sinopse dos filmes:

- “O chute mais forte do bairro” (duração: 30 minutos)

O filme aborda o tema ética ao contar a história de Theo, um menino que, em um instante de entusiasmo, quebra a vidraça do Tio Juvenal com uma bola. Para se livrar do aperto, conta uma mentira. Ele percebe que fez a coisa errada, mas não sabe como corrigir o erro. É aí que a amizade surge como apoio e segurança para enfrentar essa situação difícil. Por meio da história, o filme trabalha os conceitos de valentia, honestidade, o valor das palavras, o auxílio dos amigos e a serenidade para julgar pessoas e fatos.

“ Um convite difícil de engolir e Onde está o seu meio ambiente? (duração de 30 minutos)

Aborda o tema pluralidade cultural ao contar a história de Mai, um descendente de japoneses. No caminho para um almoço especial na casa da Mai, as crianças recordam que ela é descendente de orientais e que já ouviram dizer que japoneses comem peixe cru. E agora? Eles não querem correr o risco de provar comidas diferentes, mas também não querem desagradar a amiga. O que fazer? O filme trabalha os conceitos de de ampliação do conhecimento sobre hábitos culturais, cortesia, gentileza, aceitação das diferenças e flexibilidade.

“Onde está o seu meio ambiente?” (30 minutos)

O tema meio ambiente é abordado no filme ao contar a história de um grupo de crianças que saem de uma aula de geografia animadas a salvar o planeta da poluição. Mas, da observação do caminho de volta para a casa, surgem as perguntas: onde está nosso meio ambiente? Onde ele realmente começa e no que podemos contribuir mesmo para sua preservação?  O enredo falar sobre a importância de atitudes como pensar e atuar; observação e reflexão; compromissos da vida coletiva; e adaptação frente às dificuldades.