Archives for

Notícias – Araxá

Cemig é eleita a companhia de energia elétrica mais sustentável da América Latina

Usina de Tres Marias e um dos exemplos da produção de energia limpaA Cemig foi eleita companhia de energia elétrica mais sustentável da América Latina, ocupando a 19ª posição no ranking de Corporações Mais Sustentáveis do Mundo Global 100 de 2020, elaborado pela revista canadense Corporate Knights. O anúncio foi feito nesta semana no Fórum Econômico Mundial, que acontece em Davos, na Suíça. Foram analisadas mais de 7 mil empresas em todo o mundo pela publicação internacional.

A Cemig foi uma das três empresas brasileiras incluídas entre as mais sustentáveis do mundo no ranking e também obteve a segunda melhor classificação dentre as que fazem parte do seu segmento de energia elétrica. Somente outras duas empresas brasileiras estão presentes na lista: Banco do Brasil e Natura.

Ao todo, foram avaliadas 7.500 empresas de capital aberto em 25 países, por meio de um conjunto de 21 indicadores ambientais, sociais e de governança, em relação aos seus pares do mesmo setor e a partir de informações disponíveis ao público. Para elaborar a lista, a organização avalia aspectos como a relação entre receita e toneladas de CO2 emitido, redução das emissões de gases de efeito estufa,  percentual de mulheres que ocupam cargo de liderança, redução de geração de resíduos e de consumo de água,  indicadores de saúde e segurança do trabalho e demais práticas de sustentabilidade das empresas.

De acordo com o diretor de Comunicação e Sustentabilidade da Cemig, Marco Antônio Lage, esse reconhecimento destaca os esforços e a preocupação da empresa na preservação do meio ambiente, no desenvolvimento da capacidade de inovação e no reconhecimento dos empregados, por meio de políticas ambientais e de segurança do trabalho.

“Esse resultado demonstra o comprometimento da Cemig com os objetivos de desenvolvimento sustentável da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas, com sua receita principal obtida por meio do fornecimento de energia limpa e na ação contra mudança global do clima”, afirmou

A lista completa das empresas reconhecidas pela Global 100 está disponível no site da Corporate Knights.

Sobre a Cemig

A Cemig é a maior empresa integrada do setor de energia elétrica do País, com mais de 530 mil quilômetros de linhas de distribuição e uma capacidade instalada de 5,5 GW. Vale destacar que a concessionária foi selecionada, pela 20ª vez consecutiva, para compor a carteira do Índice Dow Jones de Sustentabilidade no período 2019/2020, mantendo-se como a única companhia do setor elétrico da América Latina a fazer parte do índice desde a sua criação, em 1999.

A Cemig está presente em 24 estados e no Distrito Federal, e conta com mais de 120 mil acionistas em 38 países, além de possuir ações negociadas nas Bolsas de Valores de São Paulo, Nova York e Madri.

Cemig orienta para a segurança com a rede elétrica durante o pré-carnaval

Então BrilhaOs foliões mineiros já esquentam os tamborins para entrar no ritmo da folia, com desfiles e apresentações de blocos e shows pré-carnavalescos, faltando apenas um mês para o início do feriado de carnaval. Dessa forma, a Cemig preparou algumas dicas para que as comemorações aconteçam principalmente com segurança em relação à rede elétrica. As orientações dizem respeito a instalação de iluminação, enfeites e alegorias, tráfego de trios elétricos e carros alegóricos e montagem de palcos e palanques.

A distância de 1,5 metro da rede elétrica deve ser respeitada na montagem de palcos, na instalação de iluminação e de adereços e no deslocamento dos trios e carros de som. Essa distância mínima é determinada para evitar o contato com a rede elétrica, que pode acarretar em choques elétricos e curto-circuito.

“A aproximação e o contato dos carros alegóricos e trios elétricos, por exemplo, trazem o risco de acidentes fatais. Blocos e escolas de samba precisam de cuidados especiais com a montagem, desmontagem e movimentação de andaimes e estruturas próximos à rede elétrica”, explica Demétrio Aguiar, engenheiro eletricista da Cemig.

Deve-se considerar também a presença de redes de telecomunicações nas estruturas que sustentam as redes elétricas (postes com uso mútuo). Essas redes encontram-se posicionadas abaixo das redes elétricas, nos mesmos postes. “Um contato mais forte de um trio elétrico ou carro alegórico com uma dessas redes pode resultar no comprometimento da estrutura, que pode cair sobre o veículo e sobre as pessoas que estiverem no local”, afirma Demétrio.

Outro elemento que pode trazer riscos é o uso de confetes e serpentinas. Esses materiais possuem elementos metálicos que podem provocar acidentes ao entrar em contato com a rede elétrica. “Os confetes arremessados, antes de se dispersarem, estão concentrados e podem causar curto-circuito nas redes de alta tensão. Por precaução, as pessoas não devem atirar nenhum objeto em direção à rede elétrica. Muito menos os sprays de espuma, que contêm mistura de água que age como um condutor de energia”, ressalta o engenheiro.

Para as pessoas que gostam de curtir o carnaval com festas em casa, as recomendações são: não ligar aparelhos elétricos próximo a duchas e piscinas, não utilizar gambiarras para ligar diversos aparelhos e respeitar a distância de 1,5 metro da rede elétrica em casos de montagem de estruturas no passeio próximo à residência.

Atenção redobrada em relação aos trios elétricos

É fundamental que o trajeto dos trios elétricos seja programado de forma que a soma da altura do veículo e da altura dos foliões que estiverem sobre ele não exceda a distância mínima de 1,5 metro com as redes aéreas. Segundo Demetrio, os veículos não devem trafegar sob a rede elétrica se a altura deles for igual ou maior que a distância recomendada, pois “além do risco de choque, há o risco de colisão com os cabos e consequente derrubada dos postes, fios e equipamentos da rede de energia sobre o próprio veículo ou sobre os foliões”.

O engenheiro da Cemig ainda chama a atenção daqueles que costumam acompanhar a festa nas ruas: “As recomendações servem não apenas para os foliões que estão sobre os trios elétricos, mas também para quem estiver sobre palanques e arquibancadas metálicas montadas para desfiles. Elas são estruturas grandes e altas que devem ficar longe da rede elétrica na instalação e fora do alcance da plateia”, explica.

Outro acessório que merece bastante atenção daqueles que estiverem em cima dos trios elétricos é o bastão de selfie. “Em hipótese alguma, o bastão de selfie deve se aproximar da rede elétrica”, destaca Demetrio.

Já no caso de colisão entre carro e poste, não se deve tocar ou se aproximar dos cabos caídos no solo ou das partes metálicas dos veículos para se evitar o risco de choque elétrico. “Caso haja um acidente, a população deve acionar imediatamente o Corpo de Bombeiros, pelo telefone 193, e também a Cemig, pelo 116”, completa o engenheiro.

Levantamento de fios é expressamente proibidos

O levantamento de fio para a passagem de trios elétricos é proibido, uma vez que é uma prática muito perigosa. Esse tipo de contato pode comprometer as estruturas que sustentam a rede elétrica.

“Quando se levanta um fio sem a devida autorização, já ocorre um erro grave. E ele pode ser ainda maior se olharmos os problemas que podem acarretar à sociedade. O esforço realizado pode ocasionar na queda do poste e ocasionar acidentes sérios, além de interrupção de energia para serviços públicos, como hospitais e delegacias”, afirma o especialista em segurança com a rede elétrica da Cemig.

Demetrio salienta que as redes de telecomunicações ficam afixadas nos mesmos postes e estão posicionadas logo abaixo da rede elétrica. “Não é permitido ‘suspender’ essas redes de telecomunicação. E, se o veículo de som ou trio elétrico se enroscar nesses fios, há risco de o poste se quebrar ou, ainda, de um fio telefônico se romper e ser projetado contra a rede elétrica, o que provocaria curto circuito com risco de choque elétrico às pessoas próximas”, conclui.

Confira as principais dicas da Cemig para um pré-carnaval seguro:

·         Para a instalação de enfeites em ruas e praças, respeite a distância mínima de 1,5 metro em relação à rede elétrica.

·         Trios elétricos e escolas de samba precisam de cuidados especiais com a montagem, desmontagem e movimentação de andaimes e estruturas próximas à rede elétrica.

·         Não utilizar os postes da Cemig ou padrões de energia para fixar decorações.

·         Não utilize arame ou fio metálico para afixar bandeirinhas e demais enfeites.

·         Todos os enfeites devem ser bem afixados, para que o vento não os desprenda e os projete contra a rede elétrica.

·         Não faça ligações irregulares na rede de distribuição de energia. Se for necessário, solicite junto a Cemig uma ligação provisória.

·         A instalação elétrica das barracas deve ser feita por eletricista profissional.

·         Não se aproxime de fios partidos caídos ao solo ou dependurados nos postes de energia. Impeça que outras pessoas se aproximem e avise imediatamente a Cemig por meio do telefone 116.

Autoatendimento digital da Cemig bate recorde em 2019

A Cemig registrou aumento de 46% no número de atendimentos realizados por meio dos canais digitais em 2019. Foram 38 milhões de interações em 2019 contra 26 milhões no ano anterior. Somente nos últimos 12 meses, os atendimentos digitais representaram 62% dos contatos para serviços e soluções.

A Cemig disponibiliza seis opções de canais de atendimento digitais: o aplicativo Cemig Atende, a agência virtual Cemig Atende Web (disponibilizado no endereço https://atende.cemig.com.br), o SMS e os aplicativos de mensagem Telegram e Whatsapp. Nas agências, a Cemig disponibiliza também a opção de autoatendimento via Totem. Os serviços mais utilizados pelos clientes no ambiente digital foram segunda via de conta e histórico de consumo que juntos somaram 23,5 milhões de atendimentos no ano passado.

Nos últimos anos, esse tipo de serviço tem crescido muito e, de acordo com a analista de processos comerciais da Cemig Vivian Magalhães, a expectativa é de que o atendimento pelos canais digitais aumente ainda mais, devido à inserção dos dispositivos móveis na vida das pessoas.

“A tecnologia está inserida em nossas vidas. Hoje, os smartphones, tablets e notebooks com acesso à internet estão disponíveis para um grande número de pessoas. Dessa forma, torna-se possível realizar solicitações com agilidade e rapidez sem a necessidade de se deslocar até as agências de atendimentos da Cemig”, afirma Vivian.

No aplicativo Cemig Atende, os principais serviços utilizados pelos clientes são referentes à consulta de débitos, obtenção de segunda via de fatura, acesso ao histórico de contas, envio de leitura, consulta ao histórico de atendimentos e alerta sobre falta de energia. O aplicativo está disponível para aparelhos que possuem os sistemas operacionais Android e IOS.

Outro canal disponível para o cliente é a Agência Virtual, que possibilita ao cliente a solicitação de inúmeros serviços, dentre os quais: segunda via de conta, histórico de contas, histórico de leitura e faturamento, religação, troca de titularidade, ligação nova, informar leitura, aviso de falta de energia, e ainda, cadastro de recebimento de fatura por e-mail e atualização dos meios de contato.

Os clientes da Cemig têm todos esses canais de atendimento para retirar a segunda via, mas o jeito mais fácil de receber a conta de luz é por e-mail.  “Recebendo a fatura digitalizada, o cliente evita atrasos na entrega da conta e consequentemente tem um prazo maior para pagamento. Ao solicitar essa modalidade, o cliente conta também com mais privacidade, já que a fatura por e-mail não corre o risco de ser extraviada, os dados ficam mais seguros e menos expostos. O arquivamento em meios digitais é mais fácil, além de não ocupar espaço físico”, destaca  Vivian Magalhães

Telegram

Além de todas essas funcionalidades, a Cemig proporciona também o atendimento ao cliente por meio de aplicativos de troca de mensagem. No Telegram, o cliente pode acessar três serviços: segunda via de conta, informe de leitura e aviso de falta de energia. Basta procurar a Cemig dentro do aplicativo ou adicionar o contato @CemigBot. Logo em seguida, será enviada uma mensagem de boas-vindas com a solicitação de cadastro da instalação.

A Cemig registrou aumento de 46% no número de atendimentos realizados por meio dos canais digitais em 2019. Foram 38 milhões de interações em 2019 contra 26 milhões no ano anterior. Somente nos últimos 12 meses, os atendimentos digitais representaram 62% dos contatos para serviços e soluções.

A Cemig disponibiliza seis opções de canais de atendimento digitais: o aplicativo Cemig Atende, a agência virtual Cemig Atende Web (disponibilizado no endereço https://atende.cemig.com.br), o SMS e os aplicativos de mensagem Telegram e Whatsapp. Nas agências, a Cemig disponibiliza também a opção de autoatendimento via Totem. Os serviços mais utilizados pelos clientes no ambiente digital foram segunda via de conta e histórico de consumo que juntos somaram 23,5 milhões de atendimentos no ano passado.

Nos últimos anos, esse tipo de serviço tem crescido muito e, de acordo com a analista de processos comerciais da Cemig Vivian Magalhães, a expectativa é de que o atendimento pelos canais digitais aumente ainda mais, devido à inserção dos dispositivos móveis na vida das pessoas.

“A tecnologia está inserida em nossas vidas. Hoje, os smartphones, tablets e notebooks com acesso à internet estão disponíveis para um grande número de pessoas. Dessa forma, torna-se possível realizar solicitações com agilidade e rapidez sem a necessidade de se deslocar até as agências de atendimentos da Cemig”, afirma Vivian.

No aplicativo Cemig Atende, os principais serviços utilizados pelos clientes são referentes à consulta de débitos, obtenção de segunda via de fatura, acesso ao histórico de contas, envio de leitura, consulta ao histórico de atendimentos e alerta sobre falta de energia. O aplicativo está disponível para aparelhos que possuem os sistemas operacionais Android e IOS.

Outro canal disponível para o cliente é a Agência Virtual, que possibilita ao cliente a solicitação de inúmeros serviços, dentre os quais: segunda via de conta, histórico de contas, histórico de leitura e faturamento, religação, troca de titularidade, ligação nova, informar leitura, aviso de falta de energia, e ainda, cadastro de recebimento de fatura por e-mail e atualização dos meios de contato.

Os clientes da Cemig têm todos esses canais de atendimento para retirar a segunda via, mas o jeito mais fácil de receber a conta de luz é por e-mail.  “Recebendo a fatura digitalizada, o cliente evita atrasos na entrega da conta e consequentemente tem um prazo maior para pagamento. Ao solicitar essa modalidade, o cliente conta também com mais privacidade, já que a fatura por e-mail não corre o risco de ser extraviada, os dados ficam mais seguros e menos expostos. O arquivamento em meios digitais é mais fácil, além de não ocupar espaço físico”, destaca  Vivian Magalhães

Telegram

Além de todas essas funcionalidades, a Cemig proporciona também o atendimento ao cliente por meio de aplicativos de troca de mensagem. No Telegram, o cliente pode acessar três serviços: segunda via de conta, informe de leitura e aviso de falta de energia. Basta procurar a Cemig dentro do aplicativo ou adicionar o contato @CemigBot. Logo em seguida, será enviada uma mensagem de boas-vindas com a solicitação de cadastro da instalação.

Veja sete dicas para economizar energia durante o período de férias escolares

dicasO período de férias escolares e as altas temperaturas registradas em janeiro podem fazer com que a conta de energia fique mais elevada do que o costume. Seja pelo fato de que as pessoas fiquem mais tempo em casa ou pelo uso de aparelhos eletrônicos utilizados para climatizar o ambiente. Por isso, a Cemig  orienta os consumidores sobre o que fazer para não ter surpresas em relação a conta de energia, com mudanças simples que podem fazer a diferença e evitar sustos na hora do pagamento.

 Veja as dicas elaboradas pelo gerente de Eficiência Energética da Cemig, Ronaldo Lucas Queiroz:

Equipamentos devem ter o  Selo Procel  e a Etiqueta “A” do Inmetro

Ao adquirir um equipamento, o cliente deve dar preferência àqueles com selo Procel ou com a etiqueta do Inmetro com a letra “A” – considerados mais eficientes. Quando você compra o equipamento novo, a tendência é buscar aquele um pouco mais barato e muitas vezes menos eficiente. Porém ao longo do tempo de uso, você vai pagar mais caro pelo consumo de energia elétrica   do equipamento. É o barato que sai caro.

Controle o tempo de banho

É importante estar atento, ainda, ao aumento do número de pessoas em casa, que é característico do período de férias, já que nesta época do ano é comum receber visitas. Com mais pessoas em casa, também sobe a quantidade de banhos e de uso do chuveiro, que é o equipamento que mais consome energia em uma residência, por sua alta potência.

A dica é reduzir o tempo de banho e, se possível, colocar o seletor de temperatura na posição ‘verão’, o que reduz a potência em 30% e pode proporcionar uma redução no consumo ao final do mês de até 10%. Outra dica é substituir o chuveiro convencional de três posições  por duchas eletrônicas que possibilitam mais variações na temperatura e consequentemente a redução da potência do equipamento conforme a necessidade de cada dia.

Retire os aparelhos das tomadas

Neste período do ano, é comum as famílias fazerem viagens por longos períodos. E nem sempre nos lembramos dos cuidados que devemos ter em casa. No caso dos aparelhos elétricos  é preciso ter uma atenção especial.

É recomendável retirar os equipamentos eletroeletrônicos das tomadas e manter apenas aqueles essenciais à segurança e resfriamento de alimentos. Isso evita o consumo de aparelhos em stand-by, responsável por até 15% do consumo do equipamento.

Caso as férias sejam curtidas em casa, vale prestar atenção no uso dos equipamentos.

É comum aumentarmos o uso de aparelhos eletrônicos como videogames, TVs, computadores, tablets, celulares e brinquedos eletrônicos. Por isso, é sempre muito importante só deixar o aparelho ligado na tomada se realmente estiver usando.

Cuidados com a geladeira

A geladeira é o segundo equipamento que mais consome energia em uma residência, em virtude do abre e fecha ao longo do dia. Uma geladeira em bom estado de uso funciona 12 horas por dia, ou seja, 360 horas por mês.

Por isso, evite colocar alimentos ainda quentes no eletrodoméstico, pois isso aumenta o consumo. E converse com suas crianças para que eles peguem tudo o que querem de uma vez só na hora de abrir a geladeira.

Programe a televisão

Sem preocupação com horários e lição de casa, crianças adoram aproveitar esse período para assistir a seus programas favoritos. Seja vendo TV a cabo ou streaming, são capazes de passar horas seguidas em frente à tela. Até o momento em que desabam no sono, sem mexer no controle remoto.

Para evitar o desperdício de energia, caso isso aconteça, a dica é utilizar o temporizador para desligamento automático disponível na grande maioria dos televisores.

Desligue o computador

O computador também deve receber atenção. Normalmente, deixamos o equipamento ligado o tempo inteiro. Mas, apesar de estar preparado para funcionar durante horas seguidas e até dias, é importante desligá-lo, inclusive o estabilizador, em caso de viagem.

Nas pequenas pausas, desligar o monitor conta e muito na hora de economizar energia. Ele é responsável por até 70% do consumo desse equipamento.

Ar condicionado e ventiladores

O ar condicionado é um dos equipamentos mais utilizados para amenizar as altas temperaturas. E atenção: estes aparelhos tem potência elevada mesmo nas versões mais modernas e eficientes. Um modo de economizar energia ao usar o ar condicionado é reduzir o tempo de funcionamento desse aparelho.

O ventilador é outro equipamento para amenizar o calor intenso, mas, apesar de ter menor potência que o ar condicionado, também deve ser usado com prudência. O ventilador poderá ter uma parcela significativa na conta de energia caso fique o tempo todo ligado na velocidade máxima.