Archives for

Noticias – Ficção

Crise da carne: saiba como criar um boi dentro do apartamento

boi dentro do apartamentoA Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal, revelou que alguns frigoríficos brasileiros foram flagrados cometendo irregularidades. Durante a investigação, foram constatadas alterações de datas de vencimento, utilização de substâncias tóxicas e até mesmo a mistura de papelão com carne moída. Assustados com a notícia, milhões de brasileiros começaram a buscar alternativas para continuar consumindo proteína animal. Neste post, vamos tentar ajudar e ensinar a você como criar um boi dentro do apartamento, para posteriormente abatê-lo.

Quem mais sofre com a incerteza causada pela operação é, naturalmente, o homem da cidade grande. Com dificuldades para obter carne de caça nas ruas, resta a ele apenas a criação de gado de corte dentro do próprio apartamento. Mesmo assim, os obstáculos são inúmeros, já que as exigências da vida moderna acabaram por eliminar das residências urbanas os cômodos que, há não mais que 10 ou 20 anos, abrigavam as vacas que forneciam leite, as galinhas que forneciam ovos e os bois que o homem carneava a fim de prover para sua família.

Onde posso comprar um boi?

Até pouco tempo atrás era fácil obter um boi: bastava ir até o mercado de animais vivos em qualquer grande cidade e escolher aquele que estivesse com a melhor aparência. Hoje em dia, porém, você precisa confiar nos comerciantes da internet. Sites como o eBay, a Amazon e o Globo.com negociam bovinos de acordo com a cotação do dia da arroba. Para começar a sua criação, o ideal é que você compre um bezerro. Exija um bichinho criado confinado em um caixote para produção de baby beef, para que a transição para o seu apartamento seja menos traumática.

Quando a encomenda chegar, os moradores e funcionários do seu prédio podem torcer o nariz. Deixe avisado para o porteiro de sua confiança, para que o bezerro passe o menor tempo possível no hall de entrada. Dê uma gorjeta ao profissional e lembre-se: não adianta nada criar seu próprio gado de corte e não cumprimentar o porteiro. A maioria dos condomínios exige que você carregue seu animal no colo ao usar o elevador, mas isso não será problema, já que seu bezerro ainda não terá iniciado o processo de engorda.

O boi precisa de muito espaço no apartamento?

Como dissemos anteriormente, seu boi cresceu confinado, portanto não sentirá falta de grandes espaços nem de liberdade, conceitos que ele não conhece. Ele pode viver perfeitamente em algum espaço que esteja ocioso em seu apartamento, como a varanda gourmet, o banheiro da empregada ou o quarto da sua filha que fugiu com o namorado maconheiro. Forre o local com alguns jornais, para que o animal possa se distrair com a leitura das notícias e, também, defecar. Caso os vizinhos reclamem do cheiro, embrulhe as fezes em um saco de supermercado e atire-as pela janela.

Em relação à alimentação, bois não são animais exigentes. Assim como os camelos, eles acumulam água na corcova – onde fica o filé mignon – por até 40 dias, necessitando de pouca hidratação. A comida também pode ser variada, em geral bastando espalhar algumas folhas de alface, melancias e linguiça toscana. Caso a família almoce em casa, basta cozinhar como se houvesse uma pessoa a mais na mesa – uma pessoa gorda e sob efeito de maconha, como aquele vagabundo que levou a sua garotinha embora para o interior de Goiás.

O boi é uma companhia agradável?

Uma das principais dúvidas sobre como criar um boi dentro do apartamento é se ele serve como animal de estimação. A resposta mais adequada é sim, porém você não deve se apegar, pois logo irá matá-lo para consumir sua carne. Isso não quer dizer que o período de engorda não possa ser de companheirismo. Os bois não costumar demonstrar emoções, mas gostam de receber carinho e assistir a programas de televisão com seus donos. Estudos indicam que eles formam a maior parte da audiência do É de Casa, nas manhã de sábado da Rede Globo.

Não espere que o seu boi se engaje em atividades esportivas, como buscar gravetos e acompanhá-lo em treinos de corrida. Além dele ser preguiçoso, não há a preocupação com doenças coronarianas, já que ele será abatido antes delas aparecerem. Uma atividade que agrada o animal é ouvir música, embora com algumas restrições: bois gostam muito de Pink Floyd, porém apenas da fase liderada por Syd Barret, sendo a única exceção posterior o álbum Atom Heart Mother. Atenção: os discos sem Roger Waters causam transtornos e podem provocar o enrijecimento da carne.

Como abater o boi dentro do apartamento?

Após alguns meses, chegará o esperado momento de sacrificar o seu boi para que a família possa comer sua carne. É natural que seus filhos tenham se apegado ao bicho durante o período e não queiram testemunhar sua morte. Se for o caso, respeite, mas insista para que, ao menos, elas participem do carneio, posteriormente. Não esqueça, também, de realizar o procedimento com respeito ao animal: ofereça seu prato preferido como última refeição e deixe que ele coma assistindo a um episódio deGilmore Girls, na Netflix.

Assim que perceber que está sendo levado ao box do banheiro para ser abatido, ele poderá tentar convertê-lo ao vegetarianismo. Há repetidos relatos de que as últimas palavras de diversos bovinos urbanos foram “Bela Gil“. Ignore e dê continuidade ao procedimento. Use a espingarda que você comprou para caçar – sem sucesso – animais nas ruas e dê um tiro certeiro na testa do bicho, para uma morte sem sofrimento. Em seguida, chame seus filhos e comece a carnear. É possível que até a sua filha e o namorado maconheiro apareçam nesse momento, aproveitadores que são.

Pronto, agora é só comer a carne que você levou meses para preparar. O satisfação será muito maior do que comprar uma peça pronta de picanha no supermercado, isso sem falar na higiene e segurança sanitária de manter, abater e carnear um boi em casa. Você tem mais dicas para sobre como criar um boi dentro do apartamento? Divida com a gente nos comentários!

FONTE: LARANJA NEWS

HUMOR: Leia 11 citações memoráveis do FGTS em livros clássicos

FGTS-1Livros, livros, livros. Ah, os livros! Além de excelentes válvulas de escape para quando começa uma nova temporada do Big Brother Brasil, eles podem dizer muito sobre a nossa realidade. Isso vale mesmo para obras antigas, aparentemente distantes da vida moderna. Tome como exemplo o FGTS, nosso querido Fundo de Garantia por Tempo de Serviço.

Os brasileiros estão alvoroçados para receber o dinheiro que está em contas inativas do fundo. O saque será feito mensalmente, de acordo com a data de aniversário do solicitante. A intenção do Governo Federal é movimentar a economia. Você sabia, porém, que vários autores citaram esse direito trabalhista em suas obras?

Separamos algumas passagens a seguir:

Cem Anos de Solidão – Gabriel Garcia Marquez

“Muitos anos depois, diante do pelotão de fuzilamento, o Coronel Aurélio Buendía havia de recordar aquela tarde remota em que o pai o levou para conferir o saldo do FGTS na Caixa Econômica Federal.”

1984 – George Orwell

“Guerra é Paz
Liberdade é Escravidão
Ignorância é Força
FGTS é Investimento”

Memórias Póstumas de Brás Cubas – Machado de Assis

“Não tive filhos, não transmiti a nenhuma criatura o saldo do meu FGTS.”

Orgulho, Preconceito e FGTS – Jane Austen

“É uma verdade universalmente conhecida que um homem solteiro na posse de um belo saldo no FGTS deve estar necessitando de uma esposa.”

On the Road – Jack Kerouac

“Eu só confio nas pessoas loucas, aquelas que são loucas pra viver, loucas para falar, loucas para serem salvas, desejosas de todo o saldo do FGTS ao mesmo tempo, que nunca bocejam ou dizem uma coisa corriqueira, mas queimam, queimam, queimam.”

O Pequeno Príncipe – Antoine de Saint-Exupery

“O saldo do FGTS é invisível aos olhos, e só se vê bem quando o site da Caixa Econômica Federal está no ar.”

Os Sofrimentos do Jovem Werther – Goethe

“É uma coisa bastante uniforme a espécie humana. Boa parte dela passa seus dias trabalhando para viver, e o poucochinho de tempo livre que lhe resta pesa-lhe tanto que busca todos os meios possíveis para sacar seu FGTS. Oh, destino dos homens!”

Lolita – Vladimir Nabokov

“FGTS, luz de minha vida, labareda em minha carne. Minha alma, minha lama. F-G-T-S: a ponta da língua descendo em quatro saltos pelo céu da boca para tropeçar de leve, no quarto, contra os dentes. F. G. T. S.”

A Metamorfose – Franz Kafka

“Quando certa manhã Gregor Samsa acordou de sonhos intran­quilos em que perdia todo o saldo do seu FGTS, em sua cama metamorfoseado num inseto monstruoso.”

Moby Dick – Herman Melville

“Chamem-me simplesmente Ismael. Aqui há uns anos não me peçam para ser mais preciso —, tendo-me dado conta de que o meu porta-moedas estava quase vazio, decidi sacar o saldo do meu FGTS, ou seja, aventurar-me de novo pelas vastas planícies financeiras do Mundo.”

50 Tons de Cinza – E. L. James

“- Eu tenho gostos peculiares, você não entenderia.
– Então me mostre.
– Não vou sacar o FGTS, estou satisfeito com o rendimento atual”

Você lembra de mais alguma citação clássica ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço? Deixe nos comentários ali embaixo!

HUMOR: Temer: “Escolhi Alexandre de Moraes porque ele me explicou o Super Bowl”

alexandre-moraes-michel-temerO atual ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, é mesmo o escolhido de Michel Temer para ocupar uma cadeira no Supremo Tribunal Federal. Em entrevista exclusiva ao Laranjas, o presidente confirmou a indicação para substituir Teori Zavascki, morto em acidente aéreo no mês passado. “Escolhi ontem à noite mesmo, rapaz, porque ele foi o único que conseguiu explicar-me o tal do Super Bowl, que assistíamos juntos no Palácio do Planalto”, justificou Temer.

Alexandre de Moraes ainda terá que passar por uma sabatina no Senado, mas a base de apoio do governo peemedebista não deve oferecer maiores problemas. “Veja bem, esse negócio de notório saber jurídico não é mais diferencial, é obrigação. Então quando ele conseguiu fazer com que eu entendesse por que o Tom Brady é um jogador incrível, e por que não um homem maravilhoso, percebi que era o nome ideal para o STF“, empolgou-se o presidente.

Temer narrou em detalhes o momento em que o New England Patriots decidiu trocar o extra point pela conversão em dois pontos, que foi crucial para a vitória no Super Bowl. “Entusiasmei-me muito porque o Alexandre previu que aquilo seria feito, mostrando enorme conhecimento não só sobre o jogo, mas também sobre a estratégia”, contou o peemedebista, enquanto devorava um cachorro-quente. “Gostei de ver o jogo como um americano, adaptei-me!”, explicou.

Alexandre de Moraes e a Lava Jato

A teoria do presidente da República é que Alexandre de Moraes mostrará a mesma desenvoltura julgando casos importantes no Supremo Tribunal Federal. Ele garante que não há nenhuma relação com uma tentativa de frear a Operação Lava Jato. “Você acha que eu estou preocupado com isso? Meu amigo, eu quero é recuperar o tempo perdido sem assistir esse futebol americano! Acredita que até ontem eu chamava o Tom Brady de marido da Gisele Bündchen? Que homem!”, desconversou.

>> Você entende alguma coisa de futebol americano? Não? Então deixe um comentário que depois o Alexandre Moraes responde por WhatsApp!

By LARANJA NEWS

HUMOR: Cientistas comprovam que ir à academia no fim do ano não adianta nada

academia-fim-de-anoCientistas da Universidade de Michigan divulgaram, nesta quarta-feira (21), o resultado de um estudo sobre os efeitos de ir à academia no fim do ano sobre o corpo humano. “Não adianta nada mesmo, nem vale a pena ir”, comentou o professor Carson McAllister, do Departamento de Gordura Localizada. Ele disse ainda que você pode comer sem culpa, pois “seu ano foi um fracasso e você merece aquele pote a mais de torta de sorvete“.

O estudo analisou os hábitos de 1.237 pessoas, entre frequentadores assíduos de academia e indivíduos que apenas pagam a mensalidade. “Independentemente do perfil, a conclusão é que é uma enorme perda de tempo ir à academia no fim do ano, pois não vai ser agora que aquela banha no abdômen vai ser queimada”, disse a doutora Rory Donato, do Departamento de Regimes da Moda. Ela sugere que as pessoas gastem seu tempo procurando formas de pagar as dívidas.

Tanto McAllister quanto Donato apontam que há uma relação direta entre o consumo de rabanada e o aumento desnecessário da quilometragem na esteira. “Metragem, no caso, porque a pessoa acaba tentando compensar o remorso e sofre um estiramento na coxa logo ao aumentar a velocidade”, comentou o professor. “Deixa pro ano que vem, que está logo aí”, completou a doutora. Ambos anunciaram o resultado da pesquisa devorando um peru com farofa e recheio.

>> Deixe suas dicas para emagrecer no fim de ano nos comentários