Sobre admin

Website:
admin has written 1034 articles so far, you can find them below.

“A Lei Seca tem esse nome por que sem cerveja a gente dirige com a gaganta seca”
hmmm… ctz, cara?

“No rio de janeiro não pode dirigi bebendo mas pode ouvi fank, ainda não existe lei pra isso.”
relaxa, os deputados do ministério do bom gosto musical estão trabalhando nesse projeto

“Acho a policia muito errado eles são grosso com o trabalhador que quer apenas se divertir com uma ceveginha.”
a polícia do português é generosa, porém

“A minha poposta é ter carro gratis se vc beber mas não vou candidatar pois sou de menor.”
meu filho, a redação pedia proposta de intervenção, não plano de governo

“as mortes dimunuiram porém tem mais gente viva do que antes. graças a Deus.”
escreveu Deus com D maiúsculo, vai pro céu

“Eles deviam trocar o bafômetro e mandar fazer o 4 com as pernas pois eu sei fazer o 4 quando estou bêbado”
a melhor proposta até agora

“Na lei seca dos estados unidos surgiram muitos mafiosos mas no brasil ainda não apareceu isso porque o governo esta de olho nas manifestações.”
esse daí é esperto, tocou em assuntos do momento e no grande problema das máfias, eu daria 100

“Falta de bebida faz as pessoa dirigir triste”
=/

“Temos que bater palmas para a skol porque fez a lei motorista da rodada para não beber quem dirige.”
e vc aí achando que a Skol só fazia cerveja heim! ela faz lei também pra gente não beber nossos amigos

“o bafotro é tipu pegadinha. eles manda voce bebê mas num sai nada. a poliça devia ser mais séria.”
a poliça anda muito zuona, achu que o silvo santus tá pagando elis pra faser pegadinha

“A lei seca também conhecida como lei da fisica ou lei 11-705/2008 melhora os direitos humano.”
eu queria experimentar ser essa pessoa por alguns minutos e descobrir como é a vida nesse universo

“A desingualdade é grande no Brasil até na lei. o Rio de janero consegue comprar etilômetros mas aqui no maranhão a policia só tem dinheiro para bafometro.
no dia que ele descobrir que são a mesma coisa ele vai se sentir no primeiro mundo

“já que não pode beber a presidente Dilma deveria liberar a maconha que faz dirigir bem relaxado e tranquilo”
afinal existe melhor momento de discurso pró-cannabis que na redação do ENEM?

“Quem bebe e dirige tem que no minimo morrer.”
no MÍNIMO

“Quando a pessoa morre em acidentes por causa da bebiba além de perder a vida ela pode perder a carteira de motorista.”
perder a vida tudo bem, mas a carteira aí já é demais pra aguentar

“Meu pai inclusive ano passado sofreu um acidente fatal mas infelizmente ele passa bem e hoje está no aa.”
não sabia que faziam sessões espíritas no alcoólicos anônimos, que infelizmente é muito bom

Gráfico Decrescente

O diretor de uma grande empresa reúne todos os funcionários

e expõe um gráfico, que mostra que no último ano a linha de lucros só havia descido.
Depois de falar durante horas, ele pediu:

- Se algum de vocês tiver uma boa idéia para fazer a linha de lucros subir, escreva e coloque na
caixa de sugestões. Amanhã, teremos uma nova reunião e abriremos a caixa para discutir as idéias.

No dia seguinte, o diretor abre a caixa e vê apenas um papel, onde estava escrito:

- Vire o gráfico de cabeça pra baixo.

Estudantes do UNIARAXÁ retornam do Projeto Rondon com grandes experiências

rondonistasA Equipe de Rondonistas do UNIARAXÁ retornou a Araxá com diversas experiências e histórias para compartilhar. A Equipe, composta por oito Estudantes e duas Professoras, participou, durante quinze dias, da Operação Palmares, no município de Chã Preta (AL). “A cidade foi, extremamente, receptiva. A Prefeita e o Vice-prefeito estiveram presentes, durante todo o processo de trabalho”, conta a Professora Rondonista do UNIARAXÁ, Sharon Sampaio.

A proposta de trabalho contemplou os eixos Ensino, Pesquisa e Extensão, com atividades nas áreas de Cultura, Educação, Saúde, Direitos Humanos e Justiça. O intuito foi capacitar e formar agentes multidisciplinares, nas diversas áreas do conhecimento; conforme necessidades, diagnosticadas na região. Para a Professora Sharon, foi um momento de oportunidades. “O Projeto Rondon nos proporcionou excelentes oportunidades de realizar Ensino, Pesquisa e Extensão; e, de atuar, com responsabilidade social, diante de tanta desigualdade no acesso aos bens e serviços públicos”, ressalta.

A Equipe esteve composta pelos Estudantes Gabriela Letícia Carneiro (Direito); Paula Rodrigues Campos (Enfermagem); Paula Nascimento da Silva (Enfermagem); Matheus Aparecido Gomes da Silva (Enfermagem); Mayara Marley Costa Pereira (Educação Física); Rubia da Silva Pereira (Pedagogia); Geovana Lopes Bernardes (Pedagogia); e, Walmer da Silva Martins (Fisioterapia). Os Estudantes contaram, ainda, com o apoio das Professoras Sharom Sampaio e Maristela Dutra.

Ao todo, foram realizadas 20 Oficinas, abrangendo toda a Comunidade; inclusive a Comunidade Rural. A Equipe do UNIARAXÁ foi responsável pelas ações nas áreas de Cultura, Direitos Humanos, Justiça e Saúde; atividades que atenderam a um total de 1.019 pessoas. Somando-se às atividades desenvolvidas por outra Instituição de Ensino participante, as ações atingiram, aproximadamente, 1.800 pessoas; somente na Operação Palmares. Um verdadeiro sucesso.

Os Estudantes de Araxá desenvolveram as seguintes ações: “Palestra sobre Motivação para a Prática da Leitura”; “Palestra – Conhecendo os Direitos Humanos”; “Debate sobre o Papel do Agente Comunitário de Saúde na Saúde da Família”; “Cine Rondon”; “Ergonomia – Exercitando com Qualidade”; “Oficina de Abordagem sobre o Uso de álcool e de Drogas”; “Mutirão de Saúde da Criança”; “Capacitação de Agentes da Cultura e das Tradições Locais”; “Oficina – Mulheres Lidando com a Sexualidade”; “Orientações Jurídicas”; “Sexualidade e Saúde Reprodutiva para Adolescentes e Jovens”; “Técnicas Inovadoras de

Alfabetização”; “Capacitação de Agentes Comunitários sobre a Amamentação”; “Saúde na Praça”; “Fórum de Discussão: Violência Familiar”.

Um dos objetivos do Projeto é contribuir para o desenvolvimento e o fortalecimento da Cidadania dos Estudantes Universitários; além do Desenvolvimento Sustentável, Bem-Estar e Qualidade de Vida das Comunidades carentes. Para isso, os Estudantes utilizaram todos os conhecimentos, construídos durante a Graduação, no intuito de alcançar os objetivos, traçados para o Projeto Rondon.

Em Araxá, a Equipe se reuniu com o Reitor do UNIARAXÁ, Professor José Oscar de Melo, o Pró-reitor de Ensino, Pesquisa e Extensão, Professor Fabrício Borges Oliveira e a Coordenadora de Extensão, Zulma Luciana de Oliveira, para compartilhar histórias e experiências vivenciadas no Projeto. Foi um momento de empolgação e emoção pelo trabalho realizado em Alagoas. Na oportunidade, também, foram conferidos aos Rondonistas os certificados de participação. Ao Reitor e ao Pró-reitor, foram conferidos o troféu, a camisa e o chapéu do Projeto Rondon; marcando, assim, mais uma participação da Instituição no maior Projeto de Extensão do país.

A Professora Sharon ressalta, ainda, que a Equipe, também, aprendeu muito com a Comunidade Local. “Agradeço ao UNIARAXÁ pela oportunidade de conhecer outra realidade social. Agradeço à minha família pela compreensão no período de dedicação ao Projeto. Enfim, agradeço a Deus pelo sucesso nessa empreitada. O UNIARAXÁ é uma Instituição preocupada com a formação de seus Estudantes; e, oportunizar essa experiência transformadora, na vida dos Acadêmicos não tem preço! Seremos, também, multiplicadores de tudo o que aprendemos lá”, destaca

Pesquisa de Aluno do UNIARAXÁ é destaque em eventos nacionai

Prof. Ricardo e Aluno Rafael no VI Simposio de Engenharia de ProducaoO UNIARAXÁ marcará presença no 38º Encontro Nacional de Engenharia de Produção que acontecerá em Maceió (AL), entre os próximos dias 16 e 19 de outubro. O trabalho de autoria do Aluno Egresso do Curso de Engenharia de Produção do UNIARAXÁ, Rafael dos Santos Guimarães, intitulado “Processo Produtivo de Batata Pré-Frita na Empresa Bem Brasil” foi aprovado e representará o Centro Universitário de Araxá, no evento de âmbito nacional.

O Encontro Nacional de Engenharia de Produção (ENEGEP) acontece, anualmente, desde 1981. A partir de 1986, passou a ser organizado pela Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO); Entidade que agrega profissionais, pesquisadores, estudantes e professores interessados no desenvolvimento da Engenharia de Produção no país. Todos estarão reunidos para debater o tema “A Engenharia de Produção e suas contribuições para o desenvolvimento do Brasil”. No evento, os participantes divulgarão técnicas e refletirão sobre questões pertinentes à área de conhecimento. Oportunidade, também, de promover a integração e o intercâmbio do conhecimento acadêmico com o setor produtivo.

O Aluno Rafael Guimarães, acompanhado pelo Professor do UNIARAXÁ, Ricardo Moreira, apresentará o trabalho desenvolvido a partir de seu TCC (Trabalho de Conclusão de Curso). “Kaizen no Processo Produtivo de Batata Pré-Frita na Empresa Bem Brasil Alimentos LTDA” foi um trabalho desenvolvido no intuito de analisar o quanto se perde de material produtivo, no descascamento da batata. Ele foi desenvolvido dentro da empresa Bem Brasil – que possui sede em Araxá (MG) – em um período de seis meses, sob a orientação do Professor Ricardo.

O trabalho já foi destaque em outro evento importante da área. Entre os últimos dias 23 e 25 de maio, o trabalho em referência foi apresentado no VI Simpósio de Engenharia de Produção, realizado em Salvador (BA). O evento abordou o tema “A influência da Indústria 4.0, nos atuais sistemas de produção e seus impactos na Economia e na Sociedade”. A apresentação foi um grande sucesso.

Rafael Guimarães e o Professor Ricardo Moreira se preparam agora para levar o trabalho para além das fronteiras brasileiras. Recentemente, foi aprovada a participação do trabalho no VI Congresso Internacional sobre a América Latina e Caribe, cujo tema será “América Latina e os novos desafios no âmbito regional e mundial”. O Congresso terá como sede a cidade de Buenos Aires, capital da vizinha Argentina, no próximo mês de outubro.

Participações em eventos como esses são o exemplo prático de como a Pesquisa é importante no processo de construção de conhecimentos dos

Estudantes. O UNIARAXÁ incentiva seus Acadêmicos a ultrapassarem os portões da Instituição, com seus trabalhos e projetos, pois acredita que se trata de uma ótima estratégia para que os futuros profissionais se engajem e se familiarizem com o mercado de trabalho que os aguarda.